Tati Nassif Pro

Motivos para empreender no mercado pet e considerar ter uma creche canina

29 de março de 2023

|

Milk

Você já deve ter ouvido falar em creche para cachorro e ter ficado encantado com a idéia. Mas será que é para você?

Creche para cachorro pequeno porte
 Two Clicks Fotografia

O mercado pet está em franca expansão, assustadoramente entre os que mais cresce no mundo e é claro que cresce aos olhos de quem buscar empreender. O Brasil tem cerca de 55 milhões de cães e as tendências sócio-culturais estão cada vez mais direcionadas para esse crescimento. Os dados mostram que o país é o sétimo maior mercado e movimentou mais de R$145 billhõesem 2020 de acordo com a ABINPET.

Esse mercado promissor geralmente é dividido em algumas grandes áreas: petfood (alimentos e petiscos),petvet (medicamentos), petgroom (banho e tosa) e petcare (outros serviços eprodutos para cuidados diversos). Apesar do setor petcare ser o menor deles,acredita-se que sejam números subestimados devido a baixa profissionalização e regulamentação.

Há cerca de 2 décadas o mercado de creche canina começa a surgir no Brasil impulsionadospelas necessidades sociais: pessoas com cargas de trabalho alta, cães deixados sozinhos em casa e com problemas comportamentais pipocando. Isso acaba por gerar um ambiente familiar as vezes caótico e carregado de conflitos emocionais.

Diante disso tudo, a creche canina ganha destaque como um serviço completo que atende anecessidade da maioria dos cães domésticos e, também de seus tutores. Como disponibilidade para estada de longos períodos, a creche trabalha nos cães questões emocionais e comportamentais enquanto dá liberdade ao tutor. Atividades físicas e mentais, socialização, aulas de bom comportamento e ainda práticas de relaxamento são alguns dos momentos proporcionados aos cães durante um dia de creche.  Longe do que pode parecer um serviço de “luxo”, as creches tem enorme potencial para a transformação das dinâmicas da chamada família multi-espécie (que possui além de humanos, outras espécies na posição de membros da família).

Os cuidados com os cães na creche promovem grande troca de informações e experiências entre cuidadores e os tutores dos cães. Muitas vezes, os profissionais da creche passam a ser um suporte no direcionamento para essas pessoas e podem até ser peças importantes no processo de diagnóstico de doenças. Devido ao contato próximo entre creche canina e família, a fidelização criada permite alavancar os demais setores do mercado. A creche canina tem como oportunidade agregar a venda de alimentação, a clínica veterinária e o banho e tosa em seu estabelecimento de modo a ter impactos relevantes em seu faturamento.

Apesar de um mercado heterogêneo e, algumas vezes, ainda amador e intuitivo, cursos de formação tem ganhado espaço no mercado pet também. A pandemia do COVID 19 favoreceu o desenvolvimento do mercado em diferentes níveis, mas contribuiu muito para a sua qualidade e variedade. A preocupação com saúde e bem-estar dos cães aumentou com a proximidade da família durante o isolamento e, com isso, as expectativas quanto aos produtos e serviços para os pets.

Two Clicks Fotografia

Cada vez mais vemos uma mudança cultural se concretizando, em que o discursos generalistas e preconceitosos como “hotelzinho de cachorro é assim mesmo” cai abaixo quando profissionais se dedicam a demonstrar qualidade no serviço que prestam. Muitos especialistas, incluindo veterinários tem indicado as creches caninas como apoio para o tratamento de questões de saúde e comportamento e isso é de enorme valor para as empresas a curto e longo prazo.

Do outro lado, o tutor como consumidor reconhece os benefícios do serviço na vida de seu cão e de sua família. E mais que isso, passa a ter maior consciência sobre as necessidades de cuidado com os cães e sua reponsabilidade e influência no processo. Se você gosta de cães (e de pessoas) e sonha em empreender, a creche canina pode ser uma grande oportunidade!

Se quiser saber mais sobre como podemos te ajudar nesse processo, clique aqui. 

Por Tatiana Nassif, psicóloga pós graduada em comportamento animal, professora, fundadora e diretora da Dog Adventure.

POSTS EM DESTAQUE

Siga no Instagram

Visite o Lattes

Conecte-se-se no LinkedIn