Tati Nassif Pro

Férias com seu dog: como se preparar?

16 de janeiro de 2023

|

Milk

Venha descobrir como fazer das suas férias uma viagem segura e tranquila com seu dog

 

Escolhendo o destino:

O primeiro passo é escolher o local. Os locais mais procurados são o campo e a praia, mas para você escolher o ambiente que mais vai agradar a sua família vamos te contar as vantagens e desvantagens dessas duas opções. Independente do destino, conhecer o temperamento do seu cachorrinho é super importante. Cães mais sociáveis e seguros tendem a se adaptar melhor a ambientes mais agitados como praias e hotéis petfriendly, já cães mais tímidos se adaptam melhor a lugares mais calmos. Praias mais desertas, onde você pode se hospedar em um Airb n b ou alugar uma casa no campo são ótimas opções para cães mais tímidos, pois irão permitir que seu cão fique mais tranquilo e aproveite mais tempo ao lado de vocês, já que geralmente esses locais são menos agitados e ele poderá ficar a maior parte do tempo na sua companhia.

Em ambas as opções se programe para realizar passeios em que ele possa participar, e que no local onde estarão hospedados tenha um ambiente seguro para os momentos que ele ficará descasando. O descanso é fundamental para manter a saúde física e mental do seu melhor amigo.

Fazendo as malas:

Na hora de fazer as malas atente-se para a alimentação, se for ração armazene em um pote escuro e bem vedado ou leve na própria embalagem, já que ela foi feita especialmente para manter a qualidade do produto. Já para alimentação natural é necessário levar em um local bem refrigerado para evitar que o alimento estregue e cause algum problema de saúde para o seu dog. A AuAu Food é nossa parceira nessa linha, clique para conhecer mais!

Tanto na praia quanto no campo para evitar que o cão fique exposto a alguns riscos, se preparar com antecipação é sempre o mais indicado. Garanta que seu animal esteja protegido contra pulgas e carrapatos.  Você pode encontrar medicações em nossa loja online na Pet Love. Caso sua escolha seja a praia, seu veterinário poderá alertar para cuidados adicionais quanto ao verme do coração que também podem ser promovidos por algumas marcas.

Algumas estratégias como levar a caminha e brinquedos que ele já está acostumado em casa ajudarão ele a se adaptar melhor ao novo ambiente e consequentemente relaxar mais fácil. Rechear brinquedos ou levar ossinhos e oferecer nos momentos em que ele ficará sozinho também é uma boa opção para esse momento ser divertido. Especialmente se o seu cão tem tendência a destruir móveis, o cuidado redobrado vai valer a pena. Se quiser oferecer um momento zen para seu melhor amigo, vale considerar o uso dos feromônios sintéticos. Adoramos o Serenex da Konig  que pode ser usado tanto no carro, no ambiente ou em uma bandana no dog (brinquedos e calmantes também disponíveis em nossa loja).

Em ambientes com lagos e piscinas, é preciso estar atento para riscos de afogamento. Mesmo que seu cão seja um nadador nato, usar colete salva vidas e permitir o acesso do seu doguinho a essas áreas apenas sob supervisão são ótimas medidas de segurança. A nossa dica de coletes é Ativa Naútica Coletes que tem uma linha desenvolvida para cães, tamanhos para todos os portes e cores lindas!

Emergências de outras ordens podem acontecer, então, antes de viajar já procure um médico veterinário (de preferência 24 horas) mais próximo da sua hospedagem para saber onde ir na hora do susto.

Pé na estrada:

Na hora de colocar o pé na estrada, é preciso planejar a viagem para ser o mais tranquila possível para o seu dog. Alguns cães ficam estressados e ansiosos em viagens de carros, principalmente aqueles que não foram acostumados. Se esse for o seu caso, veja se é o momento ideal para a viagem. Você poderá achar uma hospedagem de confiança para ele ficar e procurar ajuda de um comportamentalista para ajudá-lo a fazer ele trabaho de adaptação gradual. Caso decida pela viagem, opte por viagens curtas e faça pausas para o dog poder beber água, fazer as necessidades e caminhar um pouco. Dê preferência para viajar nos horários mais frescos e tranquilos do dia, dessa forma você diminuirá os estímulos como calor, barulho de muitos carros, buzinas etc., estímulos esses que podem deixar o seu cachorro estressado.

Outro ponto de atenção é a alimentação, evite oferecer a comida antes da viagem pois aumenta a chance do seu cachorrinho passar mal, mas se mesmo assim ele ainda ficar enjoado converse com um veterinário de confiança sobre a possibilidade de utilizar algum medicamento (nunca medique por conta própria). Ah! Lembre-se do cinto de segurança, esse item é fundamental para a segurança da família toda.

 

Agora que você sabe já sabe como tornar sua viagem mais tranquila e segura é só fazer as malas e cair na estrada. Boa diversão! E na volta não esqueça de marcar um banho relaxante para seu doguinho voltar cheiroso para sua casa. A nossa recomendação nesse assunto é a linha EcoDog que tem tudo que um dog precisa para sua higiene, saúde da pele e beleza!

 

Por Leticia Tchmola e Tatiana Nassif

POSTS EM DESTAQUE

Siga no Instagram

Visite o Lattes

Conecte-se-se no LinkedIn